Children's Hospital de Boston, Massachusetts, U.S.A.


 

 

 

O hospital foi selecionado, após nove anos consecutivos, como o melhor hospital especializado na assistência pediátrica nos Estados Unidos, de acordo com uma pesquisa realizada pelo U.S. News & World Report. Filiado à Universidade de Harvard, é pioneiro em muitas áreas do cuidado da saúde pediátrica e é, ainda, um valioso recurso na pediatria local, nacional e internacional. Além disso, é o maior centro pediátrico dos Estados Unidos.

Nesta instituição se encontram todas as especialidades médicas dedicadas aos pacientes desde seu nascimento até os vinte e um anos de idade (ou ainda mais velhos nos casos especiais). Muitos dos pacientes que concorrem ao hospital têm sido derivados dos outros estados dos Estados Unidos e também de mais de noventa países, geralmente para consultar as áreas de serviços especializados do hospital. Além de seus excelentes programas, prática e atendimento, esta instituição oferece diversos serviços ao paciente, sua família e a comunidade, como serviços de assessoria, de interpretação, de financiamento e seguro, comunicações e transporte, etc. Por sua calidez, o Hospital se transforma no lar e na família das pessoas que concorrem nele na procura de tratamento, sendo bem conhecida sua capacidade para oferecer alívio e comodidade para os pacientes e sua família.

Muitos de seus especialistas médicos e investigadores têm recebido distinções internacionais, como o prêmio Nobel entre outros, contando entre seus mais famosos resultados, a realização do primeiro transplante de coração e pulmão, a cultura do vírus da poliomielite, a realização da primeira separação exitosa de gêmeos unidos, a primeira operação para a correção do síndrome de Crouzon (uma deformidade craniofacial), a primeira remissão pediátrica exitosa da leucemia, a realização do primeiro transplante de fígado de un doador vivo, além da identificação e caracterização dos variados genes, cromossomos, proteínas e medicamentos para os tratamentos.

Dentro do Hospital funciona o maior centro de investigação pediátrica no mundo, o "Laboratório de investigação pediátrica John F. Enders", chamado assim em homenagem ao ganhador do Prêmio Nobel, quem cultivou ali mesmo os vírus produtores da poliomielite e do sarampo. As áreas mais amplas de investigação deste instituto dedicado à procura de respostas para as doenças pediátricas mais complexas, atingem a cardiologia, a cirurgia cardiovascular, genética, hematologia, imunologia, doenças contagiosas, retardamento mental, neonatologia, neurologia, oncologia, ortopedia, otorrinolaringologia, patologia, cirurgia e urologia.